quarta-feira, 4 de março de 2015

Vítima de assalto no centro de Belford Roxo

Na última sexta-feira(27) por volta das 23:30 Martha Cristina,  moradora de Belford Roxo foi vítima de um assalto nas proximidades do centro do município de Belford Roxo.
Segundo informações repassada pela vítima, um veículo modelo Fiat Uno prata, com aproximadamente quatro marginais, armados com pistolas abordou a vítima na rua João Fernandes Neto, e teve seu veículo roubado  pelos marginais.
O fato foi registrado na 54 DP.
Veículo: Yamaha Crypton
Cor: Vermelha

Qualquer informação pode ser repassada através dos telefones 2253-1177, 190 e 98659-0474

Nota de Falecimento.

Faleceu na manhã da última terça-feira (03/03), aos 51 anos, o senhor Américo José Batista,  após sofrer uma parada cardíaca.
Ele deixou dois filhos: Matheus e Davi. O senhor Américo era a morador de Belford Roxo, foi  ativista cultural, 
Secretário de Ciência e Tecnologia, fundou o CECIP em Nova Aurora oferecendo diversas atividades culturais para jovens. Foi um incansável lutador pela cultura e participou da luta do Mutirão de Nova Aurora. Na década de 80 se envolveu em projetos de auxílio as pessoas que mais necessitavam de ajuda, foi Um grande exemplo profissional, exerceu na Câmara Municipal de Belford Roxo seu ofício contábil bem como organizou as contas de diversos outros órgãos,organizou o livro Belford Roxo - Fatos e Fotos da Cidade do Amor e neste mês  organizou uma obra de pesquisa histórica desta cidade que ele deu o título de Caminhos das Águas - Do Brejo à Belford Roxo.

sábado, 28 de fevereiro de 2015

GAT do 39º BPM prende drogas na comunidade da Palmeira em Belford Roxo.

Policiais militares do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 39º BPM (Belford Roxo), sob o comando do tenente Cardoso, em uma ação de patrulhamento e abordagem, deram o maior prejuízo ao tráfico de drogas da comunidade  da Palmeira, no Centro de Belford Roxo, que é dominada pela facção Terceiro Comando Puro - TCP. Segundo informações dos policiais, além da grande apreensão, a guarnição ainda conseguiu efetuar a prisão de um homem que estava na residência no momento da apreensão. 
Kleber de Matos Gomes
Um homem  foi preso acusado de tráfico de drogas foi identificado como Kleber de Matos Gomes, 24 anos. De acordo com os PMs, quando realizavam patrulhamento ostensivo com abordagens na manhã de ontem, os policiais desconfiaram de uma residência e ao entrar no local encontraram no quintal uma sacola com 9 Kg de cocaína.
A ocorrência foi conduzida à 54ª DP (Belford Roxo).

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Justiça determina que o município de Belford Roxo se adequem à lei de transparência.

Após atuação do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro (MPF/RJ), a Justiça determinou que os municípios de Belford Roxo e Queimados  se adequem à Lei de Acesso à Informação (Lei 12.527/11), à Lei da Transparência (Lei Complementar nº 131/2009) e ao Decreto 7.185/10. Outras seis ações contra municípios da Baixada também tramitam na Justiça Federal e aguardam sentença. Após um intenso trabalho, o MPF criou um ranking para averiguar o nível de transparência dos municípios da Baixada Fluminense. O resultado foi alarmante: nenhuma das oito cidades avaliadas estavam cumprindo integralmente a legislação. A pior situação foi encontrada em Belford Roxo, que tirou zero em todos os quesitos avaliados pelo MPF.



Decisão
Na decisão liminar, a Justiça determina que os municípios de Queimados e Belford Roxo, no prazo de 60 dias, implemente corretamente o Portal da Transparência, na forma prevista pela Lei Complementar n° 131/2009 e pela Lei n° 12.527/2011, bem como pelo Decreto 7.185/2011, assegurando a inserção de dados atualizados em tempo real.
Belford Roxo Queimados  terão que disponibilizar na internet as seguintes informações: 1. Quanto à receita, a disponibilização completa da previsão e a da arrecadação, inclusive referente a recursos extraordinários; e 2. Quanto à despesa, disponibilização completa e específica do valor do empenho, se houver ou não o respectivo pagamento e em qual valor, a disponibilização da classificação orçamentária, especificando a unidade orçamentária, função, sub-função, natureza da despesa e a fonte dos recursos que financiaram o gasto e o nome da pessoa física ou jurídica beneficiária do pagamento, entre outros dados de transparência.

Além disso, os municípios deverão realizar consulta a Controladoria Geral da União e ao Portal do Software Público Brasileiro, antes de iniciar processo licitatório para aquisição de eventual software para construção, manutenção ou reforma do Portal da Transparência, visando priorizar as soluções gratuitas disponibilizadas, seguindo o modelo de acessibilidade ao Governo Eletrônico. Último colocado no ranking da transparência do MPF, o município de Belford Roxo terá, ainda, que disponibilizar um serviço de informação ao cidadão (SIC), com possibilidade de enviar pedidos de forma eletrônica.

Confira o ranking da transparência na Baixada Fluminense (nota máxima 100)1º) Mesquita – 71
2º) Nova Iguaçu – 64,5
3º) Duque de Caxias – 60
4º) Nilópolis – 58,5
5º) Queimados – 32
6º) São João do Meriti – 23,5
7º) Japeri – 10
8º ) Belford Roxo – 0
Critérios de transparência - Com base legal, o MPF utilizou 25 critérios para criar o ranking (confira os critérios). Para cada critério, foi atribuída uma pontuação de zero a cinco. A nota mínima é para o não cumprimento e a máxima para o cumprimento integral. Já para o cumprimento parcial, é atribuída uma média entre a máxima e a mínima. Após esse diagnóstico inicial, o MPF expediu recomendação a todas as prefeituras para que cumprissem a lei. Depois de 60 dias, foi realizado um novo diagnóstico. Para os municípios que cumpriram parcialmente à lei, ações civis públicas pediram a correção dos itens em desconformidade. Já no caso de descumprimento total da lei, como em Belford Roxo, o gestor municipal também passou a responder pessoalmente pela omissão por ato de improbidade administrativa.

O município de Mesquita, com a maior nota no ranking, cumpriu 13 critérios de transparência integralmente e três parcialmente (itens 11, 20 e 25), descumprindo 9 itens (15-19, 21-24). Já Nova Iguaçu cumpriu 10 critérios integralmente e 3 parcialmente (15, 23, 25), e descumpriu 10 itens (13, 14, 16-22, 24). Duque de Caxias cumpriu 10 itens integralmente e cinco parcialmente (11,15,17,18,20), descumprindo dez itens (9,13,14,16,19,21-25).

O número de itens descumpridos por Nilópolis, Queimados, São João do Meriti e Japeri superam os critérios cumpridos integralmente. Nilópolis: 9 itens cumpridos integralmente, seis parcialmente (11-13,17,18,25) e 11 descumpridos (9,14-16,19-21,21-24). Queimados: 1 item cumprido integralmente, 11 parcialmente (2-6, 11-13, 17,18 e 25) e 13 itens descumpridos (7-10, 14-16, 19-24). São João do Meriti: 4 itens cumpridos integralmente, 2 parcialmente e 19 critérios descumpridos (3-10, 13, 15-24). Japeri: 1 cumprido integralmente, três parcialmente (12, 14 e 25) e 22 itens descumpridos (2-11, 13, 15-24).

Com informações da Agência de Notícias do Ministério Público Federal

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Prefeito de Belford Roxo Dennis Dauttmam apresenta balanço de sua gestão.

O Prefeito de Belford Roxo, Dennis Dauttmam, participou nesta terça-feira (24) da primeira sessão legislativa do ano de 2015 na Câmara de Vereadores da cidade. Após ouvir muitos elogios sobre o trabalho que vem desenvolvendo à frente da prefeitura, Dauttmam apresentou um breve balanço das conquistas alcançadas em sua gestão, ressaltando que a partir deste ano muitos projetos serão concluídos para melhorar a vida dos belforroxenses.

O primeiro ponto argumentado pelo prefeito foi a paralisação parcial do Hospital Municipal Jorge Julio Costa dos Santos (HMJJCS), o Hospital do Joca. De acordo com ele, a redução de capacidade de atendimento foi uma medida necessária para poder oferecer à população infraestrutura hospitalar adequada.

Atualmente dois projetos são desenvolvidos no HMJJCS: a ampliação do hospital (que está ganhando um centro cirúrgico de emergência e nova ala de ortopedia) e a reformulação da área interna, dos equipamentos, mobiliário e corpo médico. Além disso, a prefeitura contratou uma empresa para gerir a parte administrativa da unidade visando garantir o devido cumprimento dos procedimentos adotados com os pacientes.

“Eu não podia deixar a população esperando para ser atendida do lado de fora como era antes. Não podia fingir que não estava vendo os médicos não cumprirem seus plantões. Tentei vários paliativos e nada. Então parti para uma ação mais pesada. Primeiro, reformei a recepção. Em seguida, retomei a obra de ampliação e agora, estamos readequando a estrutura da unidade para garantir que a população tenha o atendimento de jeito que precisa e merece. Estou sempre buscando alternativas para melhorar o setor de saúde da cidade”, disse.

Em seguida, Dauttmam lembrou que Belford Roxo recebe hoje o maior pacote de obras de sua história. São 435 ruas sendo reformadas, 13 frentes de obra em andamento, fora o que já foi concluído com a parceria com os governos estadual e federal. Neste âmbito, mais de 30 bairros tiveram ruas recapeadas com o Projeto Asfalto na Porta, e 255 vias estão sendo reconstruídas através do Programa Bairro Novo. Fora isso, somente em Nova Aurora, 99 ruas estão sendo reformadas e outras 26 foram concluídas em Parque Maringá.

Ele lembrou que através das parcerias firmadas na atual gestão, a cidade já conta com 5.460 moradias do Minha Casa Minha Vida entregues, fora as que estão em construção. Além disso, são conquistas do atual governo a construção do novo Polo Cederj, de 21 creches Proinfância, de mais um Centro de Vocação Tecnológica (CVT) e a instalação de um campus do IFRJ, que será a primeira faculdade federal da cidade. Isso, sem esquecer dos dois CEUs (Centre de Artes e Esportes Unificados), do CIE (Centro de Iniciação Esportiva), da quadra poliesportiva que será erguida no Campo do Japonês, em Vilar Novo, da reformas de praças, escolas e policlínicas, entre outras coisas.

Dentre os projetos que estão para começar, o prefeito lembrou do Bairro São Leopoldo, que vai ser beneficiado com R$ 24 milhões em recursos para obras de saneamento e pavimentação. O mesmo irá acontecer em Shangrilá.

No fim do discurso, Dauttmam pediu para que a população acredite em seu governo, pois muita coisa positiva ainda está para acontecer na cidade. “Preciso da compreensão e paciência de todos. Infelizmente não consigo fazer tudo na velocidade que gostaria. Não temos recursos próprios para investir, pois, cerca de 70% da população não paga o IPTU, o que prejudica toda a máquina. Mas, não é por isso que deixo de buscar, de lutar para melhorar a cidade e a vida de quem mora aqui. Meus dois primeiros anos foram de muito planejamento e agora, será o momento de colher os bons frutos que plantamos.

Prefeito de Belford Roxo Dennis Dauttmam se rende ao Coronel da Baixada.

No último sábado(21), o prefeito de Belford Roxo Dennis Dauttmam(PCdoB), nomeou como secretário de transporte e segurança institucional o Coronel Francisco D`ambrósio, que mais uma vez volta ao município de Belford Roxo para controlar a desordem que se instalou nesses dois anos do governo Dauttmam.
Francisco D`ambrósio esteve à frente da secretaria municipal de segurança pública de Belford Roxo por duas gestões, Maria Lucia (PMDB) e Alcides Rolim (PT), onde implementou  diversas ações levando ordem ao município de Belford Roxo.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

A espera da Justiça em Belford Roxo.

Quase um ano depois de o Ministério Público estadual (MP) começar a investigar a suspensão de um concurso para auditor fiscal em Belford Roxo, feito em 2012, na gestão do ex-prefeito Alcides Rolim, os aprovados ainda não conseguiram tomar posse. Em agosto do ano passado, o MP entrou com um recurso pedindo que os concursados assumissem o cargo em 30 dias, sob pena de multa mensal de R$ 5 mil por candidato. Até agora, no entanto, a ação está parada na Justiça.
— Estamos esperando esse julgamento há sete meses e até agora nada. A validade do concurso era 23 de maio de 2014. Já estamos perdendo as esperanças — declarou Amauri Brum, um dos candidatos aprovados.
Em março do ano passado, a Prefeitura de Belford Roxo alegou que não tinha verba suficiente para convocar os auditores fiscais e lembrou que o concurso foi feito na gestão anterior, em 2012.
Ontem, a Procuradoria Geral do município declarou que se manifestará após a Justiça tomar uma posição. O TJ não respondeu até o fechamento desta edição.


Fonte: Extra